Crédito consignado: Saiba os cuidados para não cair em golpe

Em um cenário em que a busca por recursos financeiros pode ser um desafio constante, a taxa média dos empréstimos consignados para segurados de previdência social tem mostrado flutuações. Decisão recente do Conselho Nacional de Previdência Social (CNPS) levou a uma redução de 1,97% para 1,91% em abril. Essa taxa, apesar de menor do que as praticadas no mercado financeiro para crédito não consignado, requer a atenção dos aposentados e pensionistas para evitar armadilhas de crédito fácil.

- PUBLICIDADE -

A atração dessa taxa de juros mais baixa não passou despercebida pelos beneficiários, com um considerável número de aposentados e pensionistas, 16.771.221 para ser exato, já usufruindo do crédito consignado. Apenas no mês de abril, a modalidade de empréstimo foi solicitada por 1.058.282 indivíduos.

Com essa oportunidade em mente, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) emite alertas cautelosos para os segurados evitarem armadilhas armadas por golpistas. Entre as medidas, destaca-se a verificação do extrato de benefício através do site do INSS ou do aplicativo Meu INSS. Isso permite que os segurados monitorem os créditos e descontos em seus pagamentos, identificando quaisquer discrepâncias.

- PUBLICIDADE -

Para os casos em que divergências são identificadas, o INSS disponibiliza um serviço de Bloqueio/Desbloqueio de Benefício para Empréstimo, acessível pelo aplicativo Meu INSS ou pela Central 135. Isso possibilita que os segurados bloqueiem novas operações de crédito consignado e previnam qualquer irregularidade futura. No entanto, vale destacar que esse serviço não se aplica a empréstimos já consignados nos pagamentos.

Como um processo de consumo que ocorre entre o segurado e a instituição financeira, o INSS recomenda que, em caso de disputas sobre operações realizadas, os segurados busquem diretamente a instituição financeira responsável. Casos de empréstimos consignados irregulares podem ser denunciados através do Portal do Consumidor.

- PUBLICIDADE -

Acessar o extrato de benefício é mais simples do que parece. Pelo site do INSS, os segurados podem visualizar o extrato de pagamento de benefícios sob a aba “Serviços”. Caso exista um contrato de empréstimo consignado em vigor, ele será listado nesse extrato.

Para aqueles que experimentam descontos suspeitos em suas aposentadorias ou pensões, é crucial tomar medidas imediatas. Questionar a instituição financeira responsável pelo contrato, solicitar o cancelamento, suspender descontos e solicitar o estorno das parcelas pagas são etapas necessárias para mitigar os danos. Além disso, o registro de ocorrência policial é recomendado para combater fraudes de empréstimos consignados.

Em meio a um cenário em que a cautela é crucial, o INSS oferece orientações valiosas para evitar cair em armadilhas. A prevenção de golpes começa com a compreensão de que o INSS não solicita documentos, fotos ou informações pessoais por telefone ou e-mail. A vigilância contra fraudes online, incluindo sites falsos, é essencial. A mensagem é clara: esteja alerta, proteja seus dados e adote precauções rigorosas ao buscar opções financeiras.

Gostou da notícia?

Aproveite para participar do nosso grupo no whatsapp e receba notícias exclusivas diariamente. ENTRE NO GRUPO AQUI é grátis, e você recebe em primeira mão as nossas notícias!

Siga nosso perfil no Instagram: @mauriciosfreitas

Siga nossa página no Facebook: @mauriciosfreitas

Inscreva-se no nosso Canal no YouTube: @mauriciosfreitas

- CONTEÚDO PROMOVIDO -
Portal Maurício Freitas
Portal Maurício Freitashttps://mauriciofreitas.com.br
Da redação do Portal Maurício Freitas. Uma Publicação da Maurício Freitas Comunicação Ltda E-mail: [email protected]

Veja mais