Bolsa Família: Nova Regra de Proteção Diminui Parcela em 50% para Essas Famílias

Foto: Agência Brasil

- PUBLICIDADE -

Continua após a Publicidade

A partir de junho, a antiga Regra de Emancipação do Auxílio Brasil será substituída por uma nova determinação que traz mudanças significativas para os beneficiários do Bolsa Família.
Anteriormente, se alguém da família ultrapassasse a renda máxima de até R$ 218 por pessoa, que é a linha da pobreza, essa família perderia automaticamente o direito de receber as parcelas do programa social. No entanto, com a implementação da Regra de Proteção do Programa Bolsa Família, isso mudará.

- PUBLICIDADE -

– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE –

Continua após a Publicidade

- PUBLICIDADE -

A nova regra permitirá que as famílias continuem recebendo o benefício mesmo se tiverem um aumento na renda de até meio salário mínimo por pessoa. Nesses casos, o cálculo levará em consideração a soma das rendas da família e a divisão pelo número de pessoas.
Os beneficiários contemplados com a Regra de Proteção do Bolsa Família a partir de junho poderão permanecer no programa por até 24 meses, contados a partir da atualização cadastral com a nova renda da família.
Essa medida visa proporcionar mais segurança e estabilidade para as famílias que conseguem melhorar sua condição financeira, permitindo que continuem a receber o apoio do programa durante um período de transição.
Regra de Proteção no Bolsa Família: Entenda como o Valor do Benefício Pode ser Alterado
Na nova determinação da Regra de Proteção do Programa Bolsa Família, a família que tiver um aumento de renda continuará recebendo o benefício por até 2 anos, porém o valor repassado será reduzido para 50% do montante original.
É importante destacar que essa mudança será implementada a partir de junho de 2023. Até essa data, os critérios de valores da antiga Regra de Emancipação do Auxílio Brasil ainda estarão em vigor. Além disso, é fundamental ressaltar que qualquer alteração na renda familiar deve ser informada ao CRAS (Centro de Referência da Assistência Social).
Essa medida busca proporcionar um período de transição para as famílias que experimentam um aumento de renda, permitindo que elas se adaptem gradualmente às mudanças e mantenham uma fonte de apoio financeiro durante esse processo.
Gostou da notícia?
Você também pode gostar de: INSS muda idade mínima para aposentadoria e surpreende brasileiros
Aproveite para participar do nosso grupo no whatsapp e receba notícias exclusivas diariamente. ENTRE NO GRUPO AQUI é grátis, e você recebe em primeira mão as nossas notícias!
Siga nosso perfil no Instagram: @schojenews
Siga nossa página no Facebook: @portalschoje
Inscreva-se no nosso Canal no YouTube: @schojenews
 
 

Continua após a Publicidade

- CONTEÚDO PROMOVIDO -
Maurício Freitas
Maurício Freitashttps://mauriciofreitas.com.br
Mauricio Freitas é jornalista com mais de 30 anos de experiência, conhecido por sua atuação exemplar no campo da comunicação. Atualmente, ele é o CEO e Editor Responsável do portal, onde se destaca por sua liderança visionária e compromisso inabalável com a qualidade jornalística. A publicação do Portal Mauricio Freitas é um dos empreendimentos da Maurício Freitas Comunicação Ltda. Para entrar em contato, envie um e-mail para: [email protected].

Veja mais