Saiba quem tem direito de receber o Bolsa Família?

Fotos: Agência Brasil

- PUBLICIDADE -

Continua após a Publicidade

O programa Bolsa Família é um programa de transferência de renda criado pelo governo federal do Brasil com o objetivo de combater a pobreza e a desigualdade social. Ele oferece auxílio financeiro a famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade econômica. No entanto, existem critérios estabelecidos para determinar quais famílias têm direito a receber o benefício.
Para que a nova regra dos R$218 por pessoa do Bolsa Família fique melhor explicada, vamos analisar dois exemplos simples e fáceis de entender.

- PUBLICIDADE -

– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE –

Continua após a Publicidade

- PUBLICIDADE -

Exemplo 1: Nesse exemplo, temos uma família composta por quatro pessoas. Dentre essas pessoas, apenas uma possui uma renda mensal de R$600. Para determinar se essa família tem direito de receber o Bolsa Família, é necessário dividir a renda mensal pelo número de pessoas na família. No caso, R$600 dividido por 4 resulta em R$150 por pessoa. Como esse valor (R$150) é menor que o limite estabelecido de R$218, a família tem direito de receber o benefício.
Exemplo 2: No segundo exemplo, temos novamente uma família composta por quatro pessoas. Entretanto, nesse caso, duas pessoas da família possuem renda mensal. Uma pessoa recebe R$600 e outra recebe R$400, totalizando uma renda familiar de R$1.000 por mês. Para verificar se essa família tem direito de receber o Bolsa Família, devemos dividir a renda mensal pelo número de pessoas na família. Assim, R$1.000 dividido por 4 resulta em R$250 por pessoa. Como esse valor (R$250) é maior que o limite estabelecido de R$218, a família não tem direito de receber o benefício.
É importante destacar que esses são apenas exemplos simplificados para ilustrar o cálculo do valor por pessoa e sua relação com o direito de receber o Bolsa Família. Na prática, a análise para determinar a elegibilidade das famílias é mais complexa, levando em consideração outros critérios, como a renda per capita e o enquadramento nos perfis de vulnerabilidade socioeconômica estabelecidos pelo programa.
O Bolsa Família é fundamental para milhões de famílias brasileiras, proporcionando um auxílio financeiro que contribui para suprir necessidades básicas e promover um maior acesso a serviços de educação e saúde. O programa tem um papel relevante no combate à pobreza e na busca pela redução das desigualdades sociais no país.

Continua após a Publicidade

- CONTEÚDO PROMOVIDO -
Portal Maurício Freitas
Portal Maurício Freitashttps://mauriciofreitas.com.br
Mauricio Freitas é jornalista com mais de 27 anos de experiência e CEO do portal, destacando-se por sua liderança e compromisso com a qualidade jornalística. Uma Publicação da Maurício Freitas Comunicação Ltda E-mail: [email protected]

Veja mais