Nova regra do Bolsa Família: Como saber se você tem direito ao benefício?

Fotos : Agência Brasil

- PUBLICIDADE -

Continua após a Publicidade

 
O novo Programa Bolsa Família trouxe diversas mudanças nas regras e valores do benefício, e uma das principais dúvidas dos beneficiários está relacionada à renda máxima para ter direito ao programa. Antes, o benefício era destinado a famílias em situação de extrema pobreza e pobreza, com rendas de até R$105 e R$210 por pessoa, respectivamente. No entanto, com as alterações, agora é necessário verificar se a renda familiar é de no máximo R$218 por pessoa para ser elegível ao benefício.

- PUBLICIDADE -

– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE –

Para realizar essa verificação, é importante seguir alguns passos simples:

- PUBLICIDADE -

Continua após a Publicidade

Considere todas as pessoas que moram na mesma casa, mesmo que não sejam parentes, como membros da família.
Some as rendas de todos os membros da família para obter a renda total do grupo familiar.
Divida essa renda total pelo número de pessoas da família. O resultado será a renda por pessoa.
Se a renda por pessoa for igual ou inferior a R$218, a família terá direito ao Bolsa Família. Caso contrário, não será elegível ao benefício.

Para ilustrar essa nova regra, vamos apresentar dois exemplos simples:
1° CASO:

Família composta por 4 pessoas.
Apenas 1 pessoa possui uma renda mensal de R$600.
Dividindo a renda de R$600 por 4 (número de pessoas da família), obtemos R$150 por pessoa.
Como R$150 é menor que R$218, a família terá direito ao benefício.

2° CASO:

Família composta por 4 pessoas.
Neste caso, 2 pessoas possuem renda.
Uma pessoa recebe R$600 e outra recebe R$400 mensalmente.
A renda total da família é de R$1.000 (R$600 + R$400).
Dividindo a renda de R$1.000 por 4 (número de pessoas da família), obtemos R$250 por pessoa.
Como R$250 é maior que R$218, a família não terá direito ao benefício.

É importante lembrar que esses exemplos são apenas ilustrativos e cada caso deve ser analisado individualmente. Portanto, se você está em dúvida sobre sua elegibilidade ao Bolsa Família, faça os cálculos com base na sua situação familiar e renda. É sempre recomendado buscar orientações junto aos órgãos competentes, como a Caixa Econômica Federal ou o Ministério da Cidadania, para esclarecer qualquer dúvida e garantir seus direitos.
O Bolsa Família é um programa essencial para auxiliar as famílias em situação de vulnerabilidade social, proporcionando um suporte financeiro para melhorar as condições de vida. Certifique-se de conhecer as regras e verificar sua elegibilidade, garantindo assim o acesso aos benefícios sociais disponíveis.
Gostou da notícia?
Você também pode gostar de: INSS muda idade mínima para aposentadoria e surpreende brasileiros
Aproveite para participar do nosso grupo no whatsapp e receba notícias exclusivas diariamente. ENTRE NO GRUPO AQUI é grátis, e você recebe em primeira mão as nossas notícias!
Siga nosso perfil no Instagram: @schojenews
Inscreva-se no nosso Canal no YouTube: @schojenews
 

Continua após a Publicidade

- CONTEÚDO PROMOVIDO -
Portal Maurício Freitas
Portal Maurício Freitashttps://mauriciofreitas.com.br
Mauricio Freitas é jornalista com mais de 27 anos de experiência e CEO do portal, destacando-se por sua liderança e compromisso com a qualidade jornalística. Uma Publicação da Maurício Freitas Comunicação Ltda E-mail: [email protected]

Veja mais