Bolsa Família: saiba quais são as duas principais novidades para os beneficiários do programa

- PUBLICIDADE -
Bolsa Família: saiba quais são as duas principais novidades para os beneficiários do programa - Portal Maurício Freitas
Fotos:Agência Brasil

Continua após a Publicidade

O recém-lançado Programa Bolsa Família concluiu sua segunda etapa de pagamentos desde seu início em março. Nesse período, diversos bloqueios ocorreram por equívoco do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, responsável pelos programas sociais federais. Entretanto, duas notícias positivas emergiram para os beneficiários.

- PUBLICIDADE -

A primeira refere-se aos bloqueios iniciados após o lançamento do novo programa de transferência de renda. Apesar dos bloqueios acidentais no final de março, também houve milhares de bloqueios de benefícios de famílias que violaram regras do programa. Porém, esses beneficiários já haviam sido informados sobre os bloqueios.

– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE –

- PUBLICIDADE -

Continua após a Publicidade

Conforme o ministro Wellington Dias, em março foram bloqueadas principalmente famílias suspeitas de violar a regra de renda, que estabelece um limite máximo de R$218 mensais por pessoa para receber o benefício. Os bloqueados seriam aqueles com renda supostamente acima do permitido. Para reativar o benefício, deveriam atualizar o cadastro e comprovar renda dentro do limite.

Outro grupo bloqueado em março foi o de beneficiários cujas crianças faltaram à escola mais do que o permitido pela regra condicionante de educação. Essa regra determina que crianças de até seis anos devem ter frequência escolar acima de 60% e as maiores de sete anos, participação em pelo menos 75% das aulas. O governo atribuiu o bloqueio a faltas excessivas nos últimos meses de 2022.

O governo federal esclareceu que, no caso das faltas escolares, os beneficiários do novo Bolsa Família possuíam duas alternativas: se as faltas de fato aconteceram, deveriam aguardar dois meses para retomar o recebimento do benefício; porém, se houve um equívoco por parte do ministério, era preciso apresentar um atestado de frequência no CRAS ou na prefeitura, comprovando o erro, e então teriam os valores desbloqueados.

Saiba agora a boa notícia para do novo Bolsa Família

A boa notícia é para aqueles que foram bloqueados em março, mas atualizaram o cadastro e comprovaram a regularidade de sua situação, tanto em relação à renda máxima permitida quanto à frequência escolar. Muitas famílias já relataram o desbloqueio dos pagamentos de março. Portanto, quem regularizou sua situação deve verificar no aplicativo Bolsa Família se o valor foi liberado e, em seguida, no aplicativo Caixa Tem para confirmar se o saque está disponível. Caso o valor esteja liberado no aplicativo oficial do programa, mas não no Caixa Tem, deve-se procurar uma agência da Caixa.

Gostou da notícia?

Você também pode gostar de: INSS muda idade mínima para aposentadoria e surpreende brasileiros

Aproveite para participar do nosso grupo no whatsapp e receba notícias exclusivas diariamente. ENTRE NO GRUPO AQUI é grátis, e você recebe em primeira mão as nossas notícias!

Siga nosso perfil no Instagram: @schojenews

 

Continua após a Publicidade

- CONTEÚDO PROMOVIDO -
Portal Maurício Freitas
Portal Maurício Freitashttps://mauriciofreitas.com.br
Mauricio Freitas é jornalista com mais de 27 anos de experiência e CEO do portal, destacando-se por sua liderança e compromisso com a qualidade jornalística. Uma Publicação da Maurício Freitas Comunicação Ltda E-mail: contato@mauriciofreitas.com.br

Veja mais