Pente-fino do Bolsa Família: Confirmada a visita do CRAS na casa dos beneficiários?

- PUBLICIDADE -
Pente-fino do Bolsa Família: Confirmada a visita do CRAS na casa dos beneficiários? - Portal Maurício Freitas
Imagem: Freepik

Continua após a Publicidade

O Ministério do Desenvolvimento Social continua realizando uma avaliação minuciosa do Cadastro Único (CadÚnico) para identificar famílias que se cadastraram de forma irregular ou que possuem renda superior ao estipulado pelos programas sociais brasileiros. Muitos beneficiários têm dúvidas sobre como essa análise será feita, e se o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) irá visitar suas casas para coletar informações. No entanto, a responsabilidade de atualizar os dados no Cadastro Único é do próprio beneficiário, que deve comparecer ao CRAS mais próximo de sua residência.

- PUBLICIDADE -

Para verificar a situação de seu Cadastro Único, o beneficiário pode acessar o site oficial do CadÚnico ou o Portal Cidadão da Caixa Econômica Federal. Se receber o Bolsa Família, também é possível ser notificado através do aplicativo oficial do programa de transferência de renda. É importante manter as informações atualizadas no Cadastro Único para evitar qualquer tipo de inconsistência ou cancelamento de benefícios. Fique atento e atualize seu cadastro regularmente para garantir o recebimento de benefícios sociais.

– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE –

- PUBLICIDADE -

Continua após a Publicidade

Para continuar recebendo o Bolsa Família, é fundamental que o segurado mantenha seus dados atualizados no Cadastro Único. Aqueles que tiverem seus cadastros bloqueados não poderão receber o benefício.

Os beneficiários que tiveram seus cadastros bloqueados em abril têm até o dia 16 de junho para atualizar suas informações junto ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e desbloquear o cadastro. Aqueles que realizarem a atualização ainda em abril já poderão receber o Bolsa Família de maio.

De acordo com o ministro Wellington Dias, o prazo para desbloqueio pode variar de 45 dias a 3 meses, dependendo do nível de irregularidade do cadastro, do número de segurados que realizaram a atualização e do número de profissionais trabalhando na atualização em cada cidade.

Os beneficiários que não conseguirem atualizar os dados ou que não comparecerem ao CRAS até a data estipulada serão desligados do Cadastro Único e perderão o acesso a diversos programas sociais, incluindo o Bolsa Família. No entanto, esses segurados ainda poderão tentar fazer um novo cadastro a partir de junho, mas serão enviados para o final da fila de espera para aguardarem a inserção no programa social.

Continua após a Publicidade

- CONTEÚDO PROMOVIDO -
Maurício Freitas
Maurício Freitashttps://mauriciofreitas.com.br
Mauricio Freitas é jornalista com mais de 30 anos de experiência, conhecido por sua atuação exemplar no campo da comunicação. Atualmente, ele é o CEO e Editor Responsável do portal, onde se destaca por sua liderança visionária e compromisso inabalável com a qualidade jornalística. A publicação do Portal Mauricio Freitas é um dos empreendimentos da Maurício Freitas Comunicação Ltda. Para entrar em contato, envie um e-mail para: [email protected].

Veja mais