ATENÇÃO: Governo emite ALERTA GERAL para beneficiários do Bolsa Família hoje (16/04)

- PUBLICIDADE -
ATENÇÃO: Governo emite ALERTA GERAL para beneficiários do Bolsa Família hoje (16/04) - Portal Maurício Freitas
Imagem: Freepik

Continua após a Publicidade

O Bolsa Família está em xeque: 1,2 milhão de famílias unipessoais podem perder o benefício. A novidade, divulgada hoje, veio do Ministério do Desenvolvimento Social, responsável pelo programa.

- PUBLICIDADE -

Mas há uma luz no fim do túnel: as famílias têm 60 dias para atualizar seus dados e garantir a continuidade do benefício. O prazo começa nesta sexta-feira, 14 de abril. Fique por dentro desta polêmica!

– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE –

- PUBLICIDADE -

Continua após a Publicidade

Beneficiários do Bolsa Família já estão recebendo Notificações

O Governo Federal está tomando medidas para notificar os beneficiários do Bolsa Família sobre a possibilidade de suspensão do benefício. As notificações serão realizadas através do aplicativo do Cadastro Único e também por mensagem de texto.

A suspensão do benefício será para aqueles que não comprovarem seus dados em uma das unidades dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS).

No entanto, os beneficiários que comprovarem que fazem parte de uma família unipessoal e se enquadram nos critérios de participação do programa terão o depósito das parcelas que foram bloqueadas de forma retroativa.

O Ministério do Desenvolvimento Social já iniciou o processo de notificação dos cidadãos que serão afetados pela medida.

Estes são os avisos recebidos pelos beneficiários do Bolsa Família que estão sendo notificados para atualizar suas informações cadastrais:

“Bolsa Família: benefício bloqueado para averiguação. Para evitar o cancelamento, atualize seu cadastro no Cadastro Único até 16 de junho, se você é um membro de família unipessoal. Mais informações: ligue 121 – Motivo: Ave Unipessoal cód. P1-76”.

Bolsa Família deve excluir 1 milhão de beneficiários

O Governo Federal está recomendando a suspensão dos cadastros de famílias unipessoais no Bolsa Família devido ao aumento expressivo no número de tais famílias durante o período eleitoral do ano passado. Suspeita-se que muitas dessas famílias se dividiram intencionalmente para acessar mais de uma parcela do benefício de maneira irregular.

O programa Bolsa Família efetua o pagamento de um valor a cada família, além de um complemento para cada criança de até 6 anos de idade que faça parte da unidade familiar. Em 2023, o piso do Bolsa Família é de R$ 600 mais o valor complementar de R$ 150 por criança, com um valor médio do benefício estimado em R$ 670.

Durante o ano passado, o Auxílio Brasil substituiu o Bolsa Família e concedeu um valor mínimo de R$ 600 a cada família, independentemente do número de membros. Especialistas criticaram o programa por contribuir para o aumento da desigualdade entre os próprios participantes da medida.

O incentivo à fraude levou à divisão de famílias, o que prejudicou o Cadastro Único do Governo Federal, que é a base para a concessão de outros benefícios sociais.

Gostou da notícia?

Você também pode gostar 

de: INSS muda idade mínima para aposentadoria e surpreende brasileiros

Aproveite para participar do nosso grupo no whatsapp e receba notícias exclusivas diariamente. ENTRE NO GRUPO AQUI é grátis, e você recebe em primeira mão as nossas notícias!

Siga nosso perfil no Instagram: @schojenews

 

Continua após a Publicidade

- CONTEÚDO PROMOVIDO -
Maurício Freitas
Maurício Freitashttps://mauriciofreitas.com.br
Mauricio Freitas é jornalista com mais de 30 anos de experiência, conhecido por sua atuação exemplar no campo da comunicação. Atualmente, ele é o CEO e Editor Responsável do portal, onde se destaca por sua liderança visionária e compromisso inabalável com a qualidade jornalística. A publicação do Portal Mauricio Freitas é um dos empreendimentos da Maurício Freitas Comunicação Ltda. Para entrar em contato, envie um e-mail para: [email protected].

Veja mais