Bolsa Família bate recorde com benefício médio de R$ 670,49 em abril

- PUBLICIDADE -
Bolsa Família bate recorde com benefício médio de R$ 670,49 em abril - Portal Maurício Freitas
Imagem: Freepik

Continua após a Publicidade

 

- PUBLICIDADE -

O Bolsa Família alcançou um novo patamar em abril, com o maior tíquete médio da história do programa: R$ 670,49. Ao todo, 21,19 milhões de famílias foram contempladas neste mês, graças ao investimento de R$ 14 bilhões do Governo Federal.

– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE –

- PUBLICIDADE -

O Benefício Primeira Infância, que destina R$ 150 por criança de até seis anos, também foi pago a 8,9 milhões de crianças em todo o país – um aumento de 17 mil em relação a março – em um repasse total de R$ 1,33 bilhão.

Continua após a Publicidade

A distribuição regional mostra que o Nordeste lidera o quadro de maior número de beneficiários, com 9,73 milhões de famílias atendidas, seguido pelo Sudeste, com 6,31 milhões de lares. O Norte contempla 2,59 milhões de famílias, enquanto a Sul registra 1,42 milhão e o Centro-Oeste, 1,12 milhão.

Neste mês, 113,84 mil novas famílias foram incluídas no programa, totalizando mais de 808 mil famílias desde que o Bolsa Família foi remodelado pelo Governo Federal em março. Os pagamentos começam nesta sexta-feira (14/04) para os beneficiários de Número de Identificação Social (NIS) final 1 e seguem até o dia 28 de abril, quando recebem os beneficiários com NIS final zero.

São Paulo é o estado com o maior número de crianças beneficiadas pelo Benefício Primeira Infância, com quase 1,18 milhão, seguido pela Bahia, com 870,92 mil, Minas Gerais (713,35), Rio de Janeiro (651,29 mil) e Pará (588,83).

No recorte regional, além de São Paulo no Sudeste, Bahia no Nordeste e Pará no Norte, o estado com maior número de Benefícios Primeira Infância concedidos no Centro-Oeste é Goiás, com 267,99 mil, enquanto no Sul é o Paraná, com 317,43 mil.

Novo calendário de pagamentos para municípios em situação de emergência ou calamidade

O Governo Federal anunciou uma medida para unificar o pagamento do Bolsa Família para os municípios em situação de emergência ou calamidade reconhecida. Com essa ação, o benefício será pago no primeiro dia do calendário, garantindo ajuda financeira imediata para as famílias atingidas por desastres naturais em diferentes regiões do país.

Nesta sexta-feira (14/04), por exemplo, serão contempladas as famílias beneficiárias atingidas pelas chuvas em São Paulo, no Espírito Santo, no Acre e as atingidas pela estiagem no Rio Grande do Sul, além dos povos Yanomami.

Essa medida visa dar suporte rápido e eficaz para os mais vulneráveis em situações emergenciais.

Gostou da notícia?

Você também pode gostar 

de: INSS muda idade mínima para aposentadoria e surpreende brasileiros

Aproveite para participar do nosso grupo no whatsapp e receba notícias exclusivas diariamente. ENTRE NO GRUPO AQUI é grátis, e você recebe em primeira mão as nossas notícias!

Siga nosso perfil no Instagram: @schojenews

Continua após a Publicidade

- CONTEÚDO PROMOVIDO -
Maurício Freitas
Maurício Freitashttps://mauriciofreitas.com.br
Mauricio Freitas é jornalista com mais de 30 anos de experiência, conhecido por sua atuação exemplar no campo da comunicação. Atualmente, ele é o CEO e Editor Responsável do portal, onde se destaca por sua liderança visionária e compromisso inabalável com a qualidade jornalística. A publicação do Portal Mauricio Freitas é um dos empreendimentos da Maurício Freitas Comunicação Ltda. Para entrar em contato, envie um e-mail para: [email protected].

Veja mais