Pesquisa vai avaliar impactos da quarentena nos negócios

A Sala do Empreendedor de Balneário Camboriú começa nesta sexta-feira (8) uma pesquisa on-line realizada pela BC Investimentos, para entender os impactos da quarentena nos empreendimentos do município.

O link da “Pesquisa Impactos da Quarentena” será enviado para todos os contatos da Sala do Empreendedor, na página do Facebook saladoempreendedorbc e nos portais da Associação de Micro e Pequenas Empresas e Empreendedores Individuais de Balneário Camboriú (Ampe).

O questionário contém dez perguntas que avaliam desde o porte da empresa ao número de colaboradores, bem como se houve demissões durante o período da quarentena ou procura por crédito ou financiamento. Com base nas respostas, o objetivo é encontrar soluções para minimizar os impactos econômicos para os trabalhadores e micro-empresas.

Com as informações mais detalhadas sobre os microempreendedores individuais será possível mapear como os empreendedores estão reagindo frente à crise gerada pelo coronavírus. “Queremos saber quais são as perspectivas dos nossos empreendedores e o quanto eles estão buscando outras formas de comercializar seus produtos, seja por plataformas digitais, e-commerce, ou ainda se já faziam uso da tecnologia nos negócios. Precisamos saber se eles estão se capacitando ou se precisam de capacitação aos novos canais de venda. Tudo isso irá nos ajudar a compreender o impacto e como amenizar os problemas”, ressalta a diretora da BC Investimentos, Ana Paula Cardozo.

Em Balneário Camboriú, a Sala do Empreendedor fica na Rua Dinamarca, nº 172, sala 2. O atendimento presencial está funcionamento, seguindo as recomendações do Ministério da Saúde e com algumas restrições para evitar a disseminação do coronavírus. Os telefones para contato são: whatsapp 47 99105-2900 e 47 33671663.

Hoje, Balneário totaliza 12.500 microempreendedores. No mês de fevereiro e março, 209 aberturas de MEI foram registradas no município.

Você é Microempreendedor Individual? Acesse a pesquisa no link:

Comente com o Facebook