Prefeito de Balneário Camboriú assume compromisso de incremento no Fundo Municipal de Esporte

0
133

Representantes de atletas, técnicos e professores da Fundação Municipal de Esportes foram reunidos na manhã nesta quinta-feira (22), na prefeitura de Balneário Camboriú, para receber detalhes das mudanças para o setor, previstas no projeto da reforma administrativa, enviada pelo Executivo à Câmara de Vereadores na semana anterior.

Com a nova lei, o Esporte passará a ser aglutinado na Secretaria de Turismo e Cultura. Na explanação, foi reafirmado o compromisso do prefeito Fabrício Oliveira com o esporte, por meio do incremento de até 35% dos recursos que hoje são destinados ao Fundo Municipal de Esporte, o qual conta atualmente com cerca de R$ 1,7 milhão de investimento anual em projetos esportivos (Bolsa Atleta e Fundesporte), além da desburocratização dos processos administrativos.

“É desejo do prefeito que parte dos recursos que serão economizados na reforma seja destinado para fortalecer nossos projetos. Temos a garantia também que nada mudará em relação as contratações de profissionais. As mudanças chegam para melhorar a organização administrativa e modernizar a gestão”, garantiu Mariana Dalvesco, superientende da Fundação Municipal de Esportes.

De acordo com a secretária de Gestão Administrativa, Karine Gomes, outro ganho da reforma é que será constituído um setor exclusivo, ligado ao gabinete do prefeito, para captação de recursos, no qual o Esporte, Cultura, Saúde e Educação serão prioridades. “Será um setor com quatro profissionais que farão exclusivamente esse trabalho, sendo que uma das coordenações será dedicada ao Esporte e a Cultura”, destacou a secretária.

“A reunião foi bem esclarecedora, tiramos todas as dúvidas que surgiram. Entre os pontos positivos, teremos o fortalecimento do Conselho Municipal de Esporte, que deve ser fortalecido porque terá autonomia e poder de decisão na gestão dos recursos do fundo e isso é uma grande conquista. O anúncio do prefeito em aumentar os recursos destinados aos projetos de esporte e o compromisso de que cada setor permanecerá com seu fundo específico nos deixa mais tranquilo”, disse um dos conselheiros do Fundo Municipal de Esporte, Tiago Velasquez.

Em 2018, o município investiu R$ 300 mil no Fundesporte e, em 2019, esse número chegou a R$ 600 mil. Já no Bolsa Atleta, o recurso de 2018 foi de R$ 900 mil e, neste ano, é de R$ 1,1 milhão, números que demonstram a valorização do setor nos últimos anos.

Comente com o Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui